” EU NÃO SEI O QUE O AMANHÃ TRARÁ” , poeta português Fernando Pessoa

A frase que dá título a este post foi a última escrita de próprio punho pelo poeta, na véspera de sua morte (13 de junho de 1888-30 de novembro de 1935) . Ele viveu sua infância na África do Sul e, por isso, foi alfabetizado no idioma inglês o qual dominava. Escreveu, originalmente, ” I know not what tomorrow will bring“.

Escolhi esse título porque é muito apropriado à minha vida neste momento.

A figura decorativa é o personagem Panoramix, da poção mágica, que faz parte da história de Asterix e Obelix, personagens geniais criados pela dupla de desenhistas de quadrinhos franceses Albert Uderzo e René Goscinny. Este último faleceu no ano de 1977 e Uderzo  faleceu, recentemente, no dia 24 de março de 2020.

Desde que  surgiram metástases do melanoma ocular no mês de maio de 2016, eu busco uma poção mágica que possa estender mais um pouco minha vida. Ainda não a encontrei.

Dito isso, passo a contar para você caro(a) leitor(a) o que se passou na minha fatídica consulta com o oncologista no dia 20 de fevereiro p.passado. Perdi o chão ao ver que o resultado do exame PET Scan dava péssima notícia: os nódulos do fígado aumentavam a galope. Diante disso, o médico concluiu que continuar o tratamento imunoterápico era inútil. Tremi.

O resultado da análise da biópsia feita no fígado no final de dezembro, segundo o laboratório norte-americano FOUNDATION ONE, mostrou que tenho algumas mutações genéticas (sou uma metamorfose ambulante…rsrs), entre elas a NTRK. Apenas para nódulos provocados por esta mutação é que há um novo medicamento – VITRAKVI, fabricado pela Bayer norte-americana – e que custa caríssimo. E, para o meu caso, não se pode afirmar que foi essa exata mutação NTRK que causou meus tumores. Restava arriscar.

O médico prescreveu, mas é evidente que o  convênio recusou a autorização. E, como é um remédio experimental para mim, também não conseguiria uma liminar judicial. Conclusão, como se tratava de minha vida me virei e comprei uma caixa para 30 dias. São 2 (duas) cápsulas por dia. Eu tomo como se fosse a poção mágica. E torço por mim. No próximo dia 30 de março farei novo exame PETScan. Daí veremos se tive sorte ou não.

De repente, não mais que de repente, surge a pandemia de corononavirus!! Óh! Vida. Óh! Azar! E com o COVID-19 se expandindo vem a quarentena obrigatória. E eu na linha de tiro, porque tenho quase 73 anos de vida, sou asmática, problemas cardíacos e câncer!! E vem os chineses e acrescentam que os mais atingidos tem sangue tipo A. Qual é o meu tipo sanguíneo? Tipo A, claro…rsrs. Agora tenho meus amigos (as) e familiares dizendo, cotidianamente, para mim: não saia de casa! E eu obedeço. Quero viver. E aqui quero lembrar de um pensamento africano:

Cada velho que morre é uma biblioteca que se incendeia.” (Amadou Hampate BA (1901-1991) Mali, África.

Não vou falar do atual e péssimo governo federal porque já perdi a paciência.  E também não ficarei recomendando cuidados específicos para que você caro(a) leitor(a) não se contaminar com o vírus, porque penso que todos meus leitores estão carecas de saber o que fazer. Cuide-se. E se puder ficar em casa, fique, por favor. Se for idoso(a) reitero: fique em casa.

É hora de solidariedade e compaixão. Ajude a quem puder, com dinheiro ou mantimentos e medicamentos. Temos de pensar naqueles que nada tem. É uma legião de pessoas vulneráveis: indígenas, moradores em situação de rua, população que vive em comunidades, vendedores ambulantes, pequenos empreendedores, trabalhadores autônomos, trabalhadores do campo,sem-terra e famílias sem-teto, refugiados de outros países e também dos lixeiros, garis etc.

Além de  crianças e idosos(as) sem proteção alguma.Temos de ter atenção a todos. O egoísmo não tem vez neste momento, seja altruísta. Valerá a pena. Haja com o coração.

Penso que o programa de renda básica pago pelo Estado diretamente às pessoas, tema tão estudado por pessoas bem intencionadas no mundo todo, tal como nosso batalhador político Eduardo Suplicy, que há anos bate nesse tecla, esse programa é indispensável neste momento. Admiro-o muito por isso.

O sistema econômico tem de mudar. Nada de Estado mínimo quando se trata de educação, saúde e transportes públicos. E os bilionários terão de dar uma contribuição tributária maior. O imposto constitucional sobre grandes fortunas (artigo 153, item VII da CF) tem de ser votado pelo Congresso Nacional. Não há como não cobrar de quem tem mais riqueza.

Por favor, CUIDE-SE. Sua vida é valiosa. E, sempre que puder, cuide das pessoas a sua volta. E não se esqueça de tomar a vacina da gripe.

Quem sabe em breve algum cientista, inspirado no personagem Panoramix, descubra a poção mágica que nos trará esperança e cura. Viva a ciência!!! E aqui minha singela homenagem aos trabalhadores da área da saúde! Temos de cuidar deles também.

Para finalizar, quero recomendar a você caro(a) leitor(a) a ouvir a bela música ” Hoje eu não saio, não. “ uma criação em co-autoria dos poetas-compositores Arnaldo Antunes, Marcelo Jeneci, Betão, Chico Salem, na linda voz de Marisa Monte. Bastará clicar no link abaixo.

 

 

Inês do Amaral Buschel, em 29 de março de 2020.

LULA É INOCENTE!