MADE IN MACAÍBA – PROF. DR. MIGUEL NICOLELIS

Li, num fôlego só, esse interessante e importante livro de registro histórico, intitulado “MADE IN MACAÍBAA História da Criação de uma Utopia Científico-Social no Ex-Império dos Tapuias “. É de autoria do médico-neurocientista brasileiro-paulistano – e palmeirense, como gosta de se apresentar –  Prof. Dr. Nicolelis. Foi publicado pela Editora Planeta – SP, e lançado no início do ano de 2016. O autor graduou-se em medicina pela USP e desde 1994 compõe o corpo docente da Universidade Duke, situada na cidade de Carolina do Norte, EUA.

Ao terminar de lê-lo, veio-me à memória uma frase triste e reveladora de nosso ethos (modo de ser) nacional, que foi dita pelo saudoso maestro e compositor brasileiro Tom Jobim (1927-1994) :  ” No Brasil sucesso é ofensa pessoal. ” . Queria ele dizer com isso que, quando um brasileiro(a) faz sucesso dentro e fora do país, surge sempre uma movimentação nativa para desqualificar essa pessoa.

Para você, caro(a) leitor(a) que talvez não conheça esse grande e premiado cientista brasileiro, e queira saber de quem estou falando, recomendo assistir ao vídeo abaixo indicado, datado da época do lançamento do livro, ou seja, quando ainda não ocorrera o golpe parlamentar no Brasil que impediu a Presidenta Dilma Roussef de continuar governando.  Bastará clicar:

Nesse livro o autor narra toda a saga que empreendeu, junto com muitos outros ótimos parceiros (as), para realizar um projeto concebido por ele e que pretende educar as crianças brasileiras para a ciência, visando a transformação social. O projeto consistiu em criar um polo de ensino, pesquisa e extensão em neurociência, fora do eixo RJ-SP. A implantação iniciou-se no ano de 2004, no pequeno Município de Macaíba distante 24 km da Capital Natal, no estado do Rio Grande do Norte. A razão dessa escolha está contada no livro.

Nas palavras do próprio autor em artigo escrito para a Fronteiras do Pensamento ( https://www.fronteiras.com/ ), diz ele que {…} o Rio Grande do Norte se transformaria no primeiro laboratório brasileiro de uma nova forma de fazer ciência: a ciência voltada para o desenvolvimento social e econômico de toda uma comunidade de excluídos que vivia, até então, quase à margem do sistema político-econômico vigente. Para implementar o projeto de transformação social por meio da prática científica, essa utopia nordestina propôs construir um “Campus do Cérebro” na zona rural da pequena cidade de Macaíba, na região metropolitana de Natal. Nesse Campus do Cérebro seria implantada a filosofia de usar a neurociência como foco de um programa educacional, começando do pré-natal das mães dos seus futuros alunos e continuando com uma escola de tempo integral, a seguir seus pupilos desde o nascimento até o final do ensino médio. Esse programa, hoje conhecido mundialmente, foi batizado com o sugestivo nome de Educação para Toda a Vida.” {…}

Para fazer tudo isso criou-se a pessoa jurídica AASDAP – Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa. entidade que passaria a ser responsável pelo projeto IINN – INSTITITUTO INTERNACIONAL DE NEUROCIÊNCIAS DE NATAL. Fez parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte e também recebeu apoio da Universidade de Duke

No ano de 2003 pleiteou dotação junto ao Governo Federal brasileiro, época em que o Brasil era governado pelo ex-Presidente da República, Sr. Luis Inácio Lula da Silva. A duras penas conseguiu.

Posteriormente, com grande aporte de recursos oferecido pela brasileira Lily Safra através da Fundação Edmond Safra,o IINN passou a denominar-se IINN-ELS – INSTITUTO INTERNACIONAL DE NEUROCIÊNCIAS DE NATAL EDMOND E LILY SAFRA.

http://aasdap.org.br/

Se você, caro(a) leitor(a) estiver interessado nesse assunto, poderá obter mais informações acessando os links abaixo indicados. Bastará clicar:

http://www.institutosantosdumont.org.br/unidade/instituto-neurociencias-iinels/

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/instituto-de-neurocia-ncias-e-ceps-tera-o-aporte-do-mec/401604

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/campus-do-ca-rebro-comea-a-a-funcionar-no-ina-cio-de-2018/392306

Bem, o livro aborda toda essa história de construção e realização do projeto até o ano de 2015. É uma leitura prazerosa e muito instrutiva. O autor também nos ensina sobre uma região do Brasil que, nós do sudeste do Brasil, pouco conhecemos, o estado do Rio Grande do Norte. Todo brasileiro(a) deveria lê-lo. Todavia, o livro não recebeu e não recebe a devida atenção. Não há divulgação suficiente. Penso que o fato do autor ser eleitor do Partido dos Trabalhadores e admirador do ex-Presidente Lula, tem muito a ver com o boicote exercido por profissionais da mídia em geral e, por que não dizer, também da inveja que viceja no mundo acadêmico.

No dia 12 de junho de 2014, na abertura dos jogos da Copa do Mundo que ocorreu no no território nacional, o Prof. Nicolellis apresentou a nós e ao mundo a magnífica máquina, um exoesqueleto robótico, que faz a ligação cérebro-máquina. Um paciente que sofre de imobilização do seu corpo abaixo do tórax, o para-atleta brasileiro Juliano Pinto, conseguiu com o próprio esforço cerebral combinado com a máquina, chutar a bola. Nesse episódio dramático, vê-se o boicote proposital feito pela direção da FIFA, que reduziu o tempo da importante apresentação para 29 segundos!  Tampouco hoje temos fácil acesso ao vídeo desse momento histórico.

Penso que não é preciso dizer que, após o golpe parlamentar de 2016, os golpistas que passaram a desgovernar o Brasil, trataram de ir desativando esse projeto tão brasileiro. Fico triste em saber disso, e também em ver o autor Prof. Dr. Miguel Nicolelis tão desiludido. Pudera!

Para finalizar caro(a) leitor(a), como me lembrei do maestro Tom Jobim no início deste texto, quero aqui homenagear o querido cientista brasileiro Miguel Nicolelis, dedicando-lhe a bela canção composta por Tom em parceria com Newton Mendonça, intitulada “Meditação “. Essa canção foi gravada em 1959 pela saudosa cantora Isaurinha Garcia (1923-1993). Ouça-a na maviosa voz do nosso grande poeta-compositor-cantor Caetano Veloso:

 

Inês do Amaral Buschel, em 1º de agosto de 2018.

LULA LIVRE! LULA INOCENTE!

 

Anúncios